Junho, 12 (27/30) – Lynn Canyon Suspension Bridge, Grouse Mountain

011
Lynn Canyon Suspension Bridge

Um dos passeios mais famosos em Vancouver é ver a Capilano Suspension Bridge. Então, em minhas pesquisas descobri uma ponte suspensa muito semelhante e – melhor – menos movimentada e gratuita, é a Lynn Canyon Suspension Bridge.

Algo me diz que será uma melhor alternativa, é por isso que estou indo para lá agora.

Lynn Canyon Suspension Bridge

Estar em um país diferente, andando e olhando tudo, permite até observar as pessoas. Por exemplo, estas duas que estão no ônibus em minha frente parecem irmãs, não parecem?

001

Só que uma entrou bem depois da outra, não se conhecem. E nem sabem que eu as estou olhando (rs).

As pseudo-irmãs estavam comigo em um ônibus da linha 28, já peguei outra linha, a 227, e estou saindo para ir até a tal ponte suspensa. Felizmente o Google Maps torna tudo mais fácil.

002

A ponte fica no Lynn Canyon Park, tem 50 metros e passa por cima do Lynn Creek, um pequeno riacho.

Não vou negar, estou na maior expectativa para chegar lá, li muito sobre esta região e minha curiosidade é grande!

003

No início parecia ser só eu por aqui, mas aos poucos outras pessoas vão aparecendo.

007

Nossa, olha a ponte aí!

011

Mal cabem duas pessoas uma ao lado da outra, que sensação! E olha só o desfiladeiro, tem uns 50 metros. É muito!

 

014

Os cabos de aço e a ponte inteira balança enquanto caminhamos, dá até um certo – ou muito – frio na barriga!

016 019

Vale cada minuto da travessia!

026

Como eu já havia visto em outras atrações em Vancouver, as trilhas aqui são muito bem construídas. E com ótima manutenção!

030

Depois de passar pela ponte, há algumas outras atrações. Estou indo para uma agora, são algumas pequenas piscinas formadas pelo riacho, Lynn Creek.

30 Foot Pool

031 032

Ao longo do caminho, o riacho tem algumas pequenas quedas.

033 039046

Olha as piscinas aí!

043

Elogiável, e muito, a preocupação com a segurança. Existem vários pontos no Lynn Creek que as pessoas gostam de entrar, a placa mostra o número de mortos e feridos em cada um deles.

048

Trágico, mas necessário. A piscina em que estou é a 30 Foot Pool, aqui duas pessoas já morreram. Todo cuidado é pouco!

Para quem é tranquilo, gente ou bicho (rs), a piscina é segura.

062

Daqui é possível seguir uma trilha, ladeira acima – haja escada, até outra ponte, Pipeline Bridge.

Acho que nem é uma ponte suspensa, mas minha curiosidade fala mais alto, tenho que ir até lá!

Pipeline Bridge

066 067

Eis a Pipeline Bridge.

070

Não é uma ponte suspensa, mas fica bem acima do Lynn Creek.

071

A vista  daqui de cima certamente vale o esforço.

073

Twin Falls Bridge

Parece que as pontes são mesmo uma atração aqui no Lynn Park, há uma outra ao lado de umas cascatas. Tenho que voltar todo o caminho que já andei, o que não é problema. Lá vou eu!

074

De novo a preocupação com a segurança, acho as frases bem criativas – atingem o objetivo. Em uma tradução bem livre:

  • Preste atenção àquele sentimento nervoso;
  • Seu medo é muito mais esperto do que você.

078

Achei esta segunda muito inspirada!

Não há mesmo problema em andar de volta todo o caminho que já percorri, até porque o parque é bonito demais!

086089

E muito bem preservado. Vejam, até árvore é etiquetada! Esta é um cedro vermelho.

090

Já voltei todo o caminho que havia percorrido, passei ao lado da Lynn Canyon Suspension Bridge e estou em uma parte desconhecida para mim agora.

092

Descendo rumo às cascatas gêmeas.

098

Já dá para ver a Twin Falls Bridge.

102 103

Cheguei!

107

A vegetação é bem cerrada, é um pouco difícil ver as cascatas.

106

Para quem quer, a trilha continua.

110

Achei curioso, as trilhas têm nome e esta chama-se Baden-Powell Trail.

Na minha santa ingenuidade nacionalista, logo associei a nosso compositor Baden Powell. Mas, não, este nome é uma homenagem a Lord Baden-Powell, fundador do movimento mundial dos escoteiros.

Estou tentando um ângulo melhor para ver as cascatas.

111 113

Pronto, estou satisfeito. A cereja do bolo é atravessar mais uma vez a Lynn Canyon Suspension Bridge.

120

Que diferença! Quando atravessei pela primeira vez a ponte, era umas 10h; quase 3 horas depois o movimento está bem maior!

Grouse Mountain

Tirei o dia para passeios mais ligados à natureza. Depois do Lynn Park o próximo destino é a Grouse Mountain, um dos locais mais visitados em Vancouver.

Para chegar, o trajeto foi bem longo, pouco mais de 1h30min, mas finalmente estou aqui. E subindo o morro dentro de um teleférico!

123

Desnecessário dizer, mesmo assim direi: que vista sensacional! Que bom ver Vancouver do alto!

128

A infraestrutura no alto da montanha é excelente, perfeitamente dimensionada para receber bem o turista.

As primeiras boas impressões já acontecem nesta bela escultura de urso.

132

Totalmente feita em madeira. Um trabalho impressionante!

Aqui também há animais silvestres soltos, vivendo como a natureza manda!

133

Do topo deste morro a visão de outros vizinhos e nevados.

135

Vejam que beleza o lugar!

137

Há vários shows e atividades programadas. Aproveito que vai começar justamente agora uma caminhada ecológica, sigo o grupo.

142

O guia é bem inspirado, um bom humor danado. Ele pergunta o que estou fazendo em Vancouver, respondo que estou passeando, ele responde: é um bom motivo! (rs).

Não acredito! Neve! Neve!

146

Nunca vi neve em minha vida! Estou emocionado! De verdade!

Vou chegar perto!

154

Puxa, que emoção!

155 157

Sabe o que é interessante? Estou usando uma simples camiseta, está quente!

160

Não sei qual é a lógica, mas talvez o frio da noite mantenha o gelo durante o dia. Sei é que estou gostando demais!

E não é só isso! Há um lugar ainda mais alto no topo da montanha, vou pegar o teleférico para chegar lá!

162

Que frio na barriga!

165

Puxa, mais neve! Que bom!

168

E animais silvestres!

170

Puxa, ver Vancouver do alto parece que não tem limite. No topo do topo da Grouse Mountain fica a Eye of the Wind, um catavento de energia eólica.

174

É bem alto!

175

Li que vale a pena subir. É caro, mas tenho que aproveitar a oportunidade!

180

A vista é ainda mais impressionante!

181

Estou a 1.2 km acima de Vancouver. Impressionante!

Para dar uma ideia melhor da altura da Eye of the Wind, vejam as pessoas lá embaixo.

177

E por “embaixo”, quero dizer no topo do topo da Grouse Mountain.

Vou descer!

Sabem o que é interessante? Estar no topo do topo dá uma sensação de altura igual à que tive na Eye of the Wind, é tudo questão de referência. Vejam a região no pé do catavento.

182183187188189

Vistas extremamente bonitas, no entanto o que me atrai mesmo está muito mais próximo! Neve!

190

A imagem anterior mostra que não é neve sobre a terra, mas placas de neve sobre a terra. Que legal!

191

Deu até vontade fazer um boneco de neve (rs)!

Bom, vou descer pelo teleférico!

197 200 201 203

Está acabando um show aqui, é sobre ursos. Perdi, mas a neve compensa!

208

Nas pesquisas que fiz da Grouse Mountain, li uma recomendação para experimentar um beaverTail.

211

Parece um tipo de massa pizza com cobertura, escolho um de chocolate com banana. É um pedaço enorme e muito saboroso!

Enquanto como, vou olhando mais um pouco a Grouse Mountain antes de ir embora.

212

Se aquela escultura de madeira que vi ao chegar me impressionou, estas então são tão ricas quanto.

217

Que habilidade tem os que fizeram tudo isso!

219 220

Puxa, um dia e tanto! Vou descansar muito feliz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *